terça-feira, 14 de outubro de 2008

O tempo se vai, mas volta e nos renova.

8
Às vezes você não tem a sensação de que o tempo passa mais rápido do que os ponteiros do relógio? Se fecharmos os olhos, conseguimos lembrar de poucas coisas do passado. Até algumas que achávamos que lembraríamos para sempre acabamos esquecendo. Por isso que sempre falamos a frase: Só posso estar ficando velha mesmo. Tudo culpa do tempo. Tempo que passa e acaba tirando pessoas das nossas vidas, tempo que nos faz adquirir responsabilidade, tempo que nos envelhece. Era tão bom ser criança. Não era preciso se preocupar com nada. Era tão bom pensar: Pra que estudar matemática se vou fazer vestibular pra medicina?
Mas o mesmo tempo que nos envelhece, é o que nos dá experiência; e o mesmo tempo que leva pessoas que amamos é o que nos traz pessoas que aprendemos a amar. Tudo tem seu lado bom e seu lado ruim. Os que são amigos de verdade vão fazer parte de momentos felizes e tristes da sua vida no futuro. Eles estarão com você. Você será demitido, será promovido. Ganhará presentes, dará presentes. Irá presenciar fracassos e sucessos. A bolsa de valores irá subir e descer, assim como a cotação do dólar.
Por tudo isso, que hoje, ao completar mais um ano de vida, mais um ano que o tempo levou, confesso que o importante é viver a vida dando importância ao que realmente importa, porque o que não importa não tem importância.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Cada um COM o seu quadrado.

6
Antes que alguém me corrija, eu sei que é “Cada um NO seu quadrado”. Não sou tão desligada assim do mundo “músicas ridículas”. Esse título é pra dizer a você, querido leitor deste blog não famoso, que cada um deve ficar com o que é seu de direito, que não se pode aceitar uma coisa que não é sua.
Quando alguém diz “Você deve pegar a estrada da direita.”, é porque você tem que pegar a da direita, senão vai parar no caminho errado. Se você está fazendo um bolo e resolve colocar um ingrediente a mais, tudo pode levar a nada. Se alguém te dá um presente e a sua irmã morre de inveja e diz que quer pra ela, você manda a folgada se catar porque o presente é seu, afinal foi você que ganhou. Pelo que eu saiba, quando você acha algo que não é seu, deve devolver ao dono. Pode ser uma maleta de 1 milhão de dólares. Você tem que devolver. Não é seu.
Não sei se eu penso assim porque eu sou certinha, ou se foi a educação que meus pais me deram, ou se é porque eu gosto das coisas preto no branco mesmo. Eu me lembro que há uns anos atrás meu irmão, ao sair do banco, achou um envelope com uns 5 mil reais dentro. O coitadinho correu atrás do cara pra poder devolver. Totalmente certo. Claro que existem casos que você não tem como achar o dono. Aí você faz o que bem entender com o que encontrou.
Resumindo a minha indignação, não deixe que façam pouco caso do seu merecimento. Se você merecer a prata, não aceite o ouro só porque está sobrando. Exija o que é seu de direto. Seja lá o que for.





PS: Raquel, não esqueci do teu meme não. To aqui procurando uns endereços legais e.,no próximo post, eu coloco.




Related Posts with Thumbnails
 
© 2010 Todos os Direitos Reservados ﺕ